facebook
Passaporte Américas Claro. Testamos em 20 países

Passaporte Américas Claro. Testamos em 20 países

calendario 10/02/2018

Esse artigo foi atualizado em outubro de 2019. 

Desde o seu lançamento em 2017, o Passaporte Américas Claro e o seu irmão maior, o Passaporte Mundo, evoluíram bastante em termos de qualidade de rede e finalmente, o que no começo era uma "furada", agora já é um serviço que realmente oferece praticidade, estabilidade e rapidez de conexão por um preço justo! Tal evolução nos levou a fazer essa revisão da crítica que fizemos à Claro quando do lançamento do plano em 2017. 

Países em que testamos o Passaporte Américas: Canadá, Estados Unidos, Chile, Argentina, Uruguai, México, Colombia, Panamá e República Dominicana.

Cuidado para não fazer como eu e, por descuído, acabar utilizando o plano em um país sem cobertura, como foi meu caso na Jamaica, e ter uma fatura de quase infartar. hahah! (rir pra não chorar). Te conto o valor no final do post! 

O custo do Roaming Internacional sempre foi altíssimo. Portanto, o Passaporte Américas realmente iniciou uma revolução no uso do Roaming internacional. 

Primeiramente, fui até uma loja da Claro e solicitei a alteração do meu Claro pré pago para um plano pós, no valor de R$ 99,99/mês, que oferece 6GB de dados por mês. Em seguida, contratei o Passaporte Américas, com valor adicional de R$9,99/mês. No total, minha fatura mensal ficou em R$110,00. Apesar do valor relativamente alto para os dias atuais, a oferta ainda me pareceu bem atrativa, tendo em vista que viajo com frequência e sempre tive custos consideráveis com internet 4G. 

Já estava com viagem marcada para os EUA, Canadá, Argentina e Uruguai há alguns meses e como o plano da Claro ainda não estava disponível, para os EUA e Canadá já havia comprado o chip de Internet da EasySim4U. 

CANADÁ - experiência em 2017 e 2018. 

Na primeira vez em que testei o Passaporte Américas no Canadá, em 2017, fiquei decepcionado, era logo após o lançamento do plano e acabei tendo que usar o chip da Easysim4u que havia comprado, pois o da Claro funcionava muito mal, não conseguia sequer me conectar às redes sociais. O Easysim4u funcionou muito bem, mas tem um custo relativamente alto. O chip da Claro se conecta à rede ROGERS, operadora canadense. 

Felizmente, esse foi um problema com o passaporte Américas foi apenas em 2017, pois nas outras vezes em que estive no Canadá, em 2018, consegui utilizar o chip de maneira muito satisfatória, com conexão 4G estável e rápida! Utilizei nas cidades de Toronto e Montreal, em ambas, foi perfeito! Atualmente já indico o plano sem medo de errar para quem vai turistar nas frias terras canadenses! 

ESTADOS UNIDOS - experiência em 2017 e 2018. 

Também em 2017, em New York, o chip da Claro apresentou problemas, funcionando de forma muito precária, o que me forçou a, mais uma vez, recorrer ao Easysim4u. Resolvi contatar a Claro e informar dos problemas, eles me disseram que estava tudo ok com a rede e que iriam fazer alguns procedimentos lá para ver se melhorava, mas foi inútil. Ao retornar aos EUA em 2018, na cidade de Buffalo - NY, a conexão estava excelente, semelhante a dos chips comprados nos EUA. O que mostra, novamente, que a Claro deu um grande salto em qualidade de serviço desde o lançamento do plano.

ARGENTINA - Experiência no início de 2018 e em 2019. 

Na Argentina, no início de 2018, fiz novos testes e, como eu esperava, depois das experiências no final de 2017 na América do Norte, os resultados foram terríveis. Em Buenos Aires a velocidade era de apenas 0,14 Mb/s!!! Isso mesmo, pouco mais de 1 décimo de 1Mb/s de velocidade. Não preciso nem dizer que não deu pra fazer nada, né? No mesmo dia tive que comprar um chip da Claro na Argentina, que ai sim funcionou e novamente comprova o que eu disse acima, a velocidade oferecida no exterior é totalmente restrita, ainda que navegando na própria rede da Claro, que está presente em vários países da América do Sul. Print do speed test em Buenos Aires. 

Em 2019 estive novamente em Buenos Aires, finalmente, assim como no exemplo do Canadá e EUA, a Claro mostrou que realmente quer deixar os problemas dos planos passaporte no passado. Me conectei sem problemas e com velocidade semelhante à que tenho em Goiânia - GO. 

URUGUAI - inicio de 2018

Durante minha estadia em Buenos Aires, dei um pulo até Colônia, no Uruguai. Levei o chip só para testes mesmo, pois já esperava que não fosse funcionar ou funcionar muito mal. O chip até funcionou nos primeiros 5 minutos em Colônia, para depois desconectar totalmente da rede. O jeito que encontrei de ter internet foi mantendo o chip da Claro que comprei na Argentina e pagando cerca de 1 dólar por cada 50Mb utilizados no Uruguai. Infelizmente, ainda não voltei no Uruguai para poder testar novamente. 

MÉXICO - experiência em 2018.

Uma surpresa positiva no México! 

Em março de 2018 fomos para Cancún e, temendo que o Passaporte Américas não funcionasse bem por lá, compramos chips da Easysim4u. Já na Cidade do México, no aeroporto, o chip da Claro se conectou em 4G, com uma velocidade bem satisfatória. Chegando em Cancún o sinal continuou muito bom, estando 90% do tempo em 4G. Para fins de comparação testei os chips da Easysim4u, que na maior parte do tempo ficaram conectados em 3G, e mesmo quando em 4G a velocidade era bem inferior à do chip Claro Passaporte Américas. Nossa experiência com o chip Passaporte Américas no México foi bem satisfatória, e usamos internet rápida durante toda viagem, incluindo nos Parques Xcaret, Xel-há e Xplor, além de Tulum e Yucatan. 

COLOMBIA - experiência em 2018

Em 2018 estive em Bogotá e em Cartagena de Indias, na Colombia, em ambos os lugares o funcionamento do plano foi muito satisfatório e não tive que gastar com chips locais. 

PANAMÁ - experiência em 2018 e 2019. 

Frequentemente faço longas conexões na Cidade do Panamá, então, já testei diversas vezes o chip. Também se conecta com velocidade muito satisfatória e estável. 

CHILE - experiência em 2019. 

Testei o chip da Claro em Santiago e o resultado foi muito positivo. O celular ficou a todo momento conectado em 4G, funcionando em todos os lugares em estive, como Cajon del Maipo, Valle Nevado, Farellones, enfim, não teve um momento sequer em que fiquei sem internet. 

REPÚBLICA DOMINICANA - experiência em 2018. 

Em Punta Cana também utilizei o chip da Claro sem problemas. A velocidade foi bem satisfatória, também utilizei na capital, Santo Domingo, com conexão rápida e estável. 

JAMAICA - experiência em 2019. A experiência que eu não queria ter tido. 

Esse extra vale como um alerta! O plano passaporte Mundo, que é o meu atual, é tão abrangente que às vezes acabo esquecendo de conferir se o plano cobre meu próximo destino. Foi o caso da Jamaica, cheguei no país e já me conectei com a rede local, durante 5 dias, usei na maior tranquilidade e sem economizar o 4G. Somente quando chegou a fatura me dei conta de que a Jamaica não fazia parte do Passaporte Mundo, o que me fez pagar cerca de 1100 reais de fatura! Então, não se esqueça de ver no site da Claro se o seu destino é coberto pelo plano. 

PASSAPORTE MUNDO - Experiências em 2019. 

Depois de contratar o Passaporte Américas, optei por fazer um "upgrade" para o Passaporte Mundo, com preço de 29,99 por mês. O plano também oferece a mesma franquia que tenho no Brasil em outros 80 países. Além dos países que citei acima, já testei o plano na Itália, Áustria, Alemanha, França, Espanha, Holanda, Japão, República Tcheca, Vaticano e na Rússia. Em todos, sem exceção, a qualidade de conexão e estabilidade foram satisfatória, dispensando o uso de chips locais ou de empresas que vendem chips internacionais. 

CONCLUSÃO:

Quando lançaram o plano em 2017, fiquei muito decepcionado com os testes, pois os resultados eram muito desanimadores. Porém, poucos meses após o lançamento, a Claro trouxe mais qualidade para esse serviço. 

E hoje digo que SIM, vale a pena contratar o Claro Passaporte Américas, Claro Passaporte Europa ou Claro Passaporte Mundo, de acordo com sua necessidade de uso.  

É muito prático chegar no seu destino e já ter acesso à internet para poder chamar um Uber ou contatar um amigo ou familiar sem a necessidade de adquirir um chip local. Também acaba sendo, pelo menos no meu caso, que viajo com frequência, muito mais econômico do que adquirir chips internacionais de internet com empresas no Brasil.

FAZER E RECEBER LIGAÇÕES DE FORMA ILIMITADA 

Apesar de hoje em dia a maior parte das pessoas não necessitarem fazer ligações, pois resolvem tudo por Whatsapp, essa também é uma vantagem dos planos, poder fazer e receber, de forma ilimitada, chamadas para o Brasil e dentro do país em que estiver. Em qualquer país coberto pelo plano, se alguém te fazer uma ligação aqui do Brasil, você poderá atender normalmente a ligação, sem custos adicionais e isso, principalmente para quem trabalha mesmo durante as viagens, como é o meu caso, é sensacional, pois continuo com o telefone disponível para falar com clientes e funcionários. 

E você, já utilizou algum dos passaportes da Claro? Deixe sua experiência nos comentários e ajude a aumentar as informações desse banco de dados sobre a qualidade do serviço de Roaming da Claro! 

 

* É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo aqui exposto de acordo com a Lei nº. 9.610/1998.

 

 

 




ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Poloneses precisam de visto americano?

A Polônia passou a integrar o Visa Waiver Program e turistas não necessitam mais de visto para os EUA


Leia mais

Quem já foi preso consegue tirar visto americano? 

Uma pessoa que cumpriu pena restritiva de liberdade, tem chances de ser aprovada no visto americano? 


Leia mais

Solicitar visto americano fora do Brasil

Se você mora fora do Brasil e quer tirar seu visto americano, saiba que isso é possível! A Viaggi te explica!


Leia mais

Dicas para passar na imigração americana

Após ter seu visto americano aprovado, surge a preocupação com a imigração americana. Veja como evitar problemas.


Leia mais
Nayara Navega

Nayara Navega

Visto da minha mãe aprovado dia 01/08! Entrevista rápida, sem muitas perguntas, não pediram nenhum documento. Mais uma vez, obrigada Viaggivistos e toda a equipe! Vocês são top!

05/08/2016

Kissila Neves S Vitorino

Kissila Neves S Vitorino

Gostaria de agradecer a Viaggi Vistos por todo o apoio durante o processo de visto! Vocês foram cruciais para nossa aprovação. Nossa familia foi muito bem atendida, as dicas e orientações foram primordiais durante todo o processo. 

22/06/2016

Márcio Luiz - Goleiro do Goiás Esporte Clube

Márcio Luiz - Goleiro do Goiás Esporte Clube

Foi tudo bem tranquilo, fizeram só algumas poucas perguntas. Vocês foram ótimos. Obrigado pela atenção! 

16/08/2017

Thamily Torres

Thamily Torres

Tive meu visto aprovado em São Paulo. Depois de um visto negado em novembro eu estava com muito medo pois minha viagem ja estava paga, mas a Viaggi me deu confiança para tentar de novo! Tiraram todas as minhas dúvidas, por mais bobas que parecessem, com muita paciência!!!

26/02/2018